domingo, 8 de junho de 2014

MARTELO ALAGOANO

(Pedro Pedreira X Benildo Nery)



PP
Da viola eu quero ter a cantoria
Da morena eu quero ter o amor
O perfume buscarei em uma flor
Na saudade encontrarei a nostalgia
A tristeza e toda melancolia
As destruo crendo no Deus soberano
Toda hora, todo dia, mês e ano
Tô seguro, na vida não temo nada
E assim vou seguindo a minha estrada
Nos dez pés de martelo alagoano.

BN
Quero ter uma vida de fineza
Sempre envolto de grandes amizades
Quero dar pontapés nas falsidades
Habitantes das almas da pobreza
Quero ser o sinônimo de nobreza
O avesso aos atos do insano
Quero ser o conserto do engano
E do tombo quero ser o levantar
Do caminho quero ser o caminhar
Nos dez pés de martelo alagoano.

PP
Buscarei ser a essência da virtude
Pra viver uma paixão sem ter malícia
Preservando o sentido da carícia,
Do agarro amoroso feito grude
Sendo assim quero ter muita saúde
Pra abraçar e beijar sem causar dano
Enrolados por debaixo do pano
Num amor tão fugaz quanto intenso
Meia luz e no ar suave incenso
Nos dez pés de martelo alagoano.

BN
Sob a luz formarei concepção
Sem tampouco descartar o que é de fé
Sendo assim seguirei o que dá pé
Sempre aberto pra qual for a discussão
Defendendo uma ou outra explicação
Sendo deste ou então de um outro plano
Não importa se é sacro ou se é profano
O que vale nessa vida é o bem viver
Frente a isso escolhi no que vou crer
Nos dez pés de martelo alagoano.

PP
Fui e sou o melhor dos cantadores
Pelejei e pelejo atualmente
Minha voz é linda e o meu repente
Onde passa deixa um mar de amores
Inspirando atrizes e atores
Do mais jovem até o mais veterano
Ter cartaz faz-me seguir com o meu plano
Sempre avante sem nunca poder parar
Para o topo do mundo alcançar
Nos dez pés de martelo alagoano.

BN
Vou buscar fazer do palco da vida
Meu cenário das coisas impossíveis
Mas que são bem reais e imprescindíveis
Pra o sucesso conquistado com a lida
Para isso é meu ponto de partida
O amor e o calor super-humano
Não importa se fulana ou fulano
Na plateia todo mundo se mistura
Pra elevar o artista, a criatura
Nos dez pés de martelo alagoano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe seu comentário criticando ou dando sugestões.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...